COMPANHIAS DE NAVIOS SÃO CONDENADAS EM INDENIZAÇÕES POR DANOS MORAIS DE R$ 200 MIL

Ao longo desses mais de dez anos de atuação frente às causas dos Tripulantes, tivemos casos de tripulantes lesionados (ombros, coluna e joelhos são os três principais pontos de lesão) e tripulantes que narraram situações de assédio moral e sexual (nesse último, em especial as mulheres). Sem exceção, todos os tripulantes trabalham diariamente, sem folga, o que gera um dano mental e físico, ainda que não imediato, mas sim a longo prazo, em razão da ausência de lazer. Diante desses quadros, iniciamos um trabalho focado nesses danos sofridos.

 

Não foi simples transportar todos esses contextos aos processos, porque depende de prova. Nesses casos, então, a prova é oral, por meio de testemunhas.

 

Com esse trabalho focado conseguimos levar ao conhecimento dos juízes diversas situações, tornando possíveis indenizações por danos morais contra as Cias de Navios em valores que vão de R$ 10 mil até a R$ 200 mil. Dependo da prova e do dano sofrido pelo tripulante.

Gostou do artigo: Leia também: É imoral ajuizar uma ação trabalhista contra uma Cia de Navio?